Gentileza extra nos restaurantes!

07:19:00 Vivi Lemes 6 Comments




Quando parei de comer carne fiquei bastante preocupada sobre alimentação fora de casa. O feijão pode ter vaca, a sopa pode ter osso e o radicci pode ter bacon: é uma vigilância eterna. Curiosamente, apesar de ter mesmo o cuidado com ingredientes ocultos, passei a acumular histórias puro amor sobre o tratamento em restaurantes, algo que me surpreendeu enormemente.


Para iluminar o seu dia e dar um ânimo aos vegetarianos de plantão, hoje vim dividir com vocês três desses acontecimentos que são baseados em uma prestação de serviço exemplar. :)

1 - Garçom compreensivo

Cheguei para o almoço em um restaurante aqui do centro da cidade e, diante do buffet, perguntei à um garçom que passava se o feijão continha carne. Com olhar preocupado ele me respondeu "Ah, tu é vegetariana? Sim, esse tem carne...". Segui a vida e parti para as batatas. Assim que sentamos à mesa, qual minha surpresa ao ver este mesmo garçom chegando com uma tigela cheia de feijão sem carne! "Eu sei como é ruim comer sem feijão", disse ele. Hehehehe
Meu namorado e minha sogra também puderam se servir do grão já que somos todos vegetarianos e isso foi ótimo. Nunca vou esquecer uma atitude tão atenciosa por parte desse profissional que certamente merece um aumento, não importa o quanto ganhe.

2 - Pizzaria sob medida

Comer rodízios de pizza nunca foi problema para os vegetarianos, basta pensar na infinidade de sabores sem carne que fazem parte de qualquer menu. Porém, naquele dia, todos esses sabores desapareceram! ¬¬
Fomos aqui na cidade mesmo à uma pizzaria que sempre gostei, mas por qualquer motivo tudo tinha carne. Nunca vi tanta calabresa, especialmente!
Comentamos com o garçom e ele pareceu muito mal humorado com a situação, disse que ia pedir para a cozinha preparar sabores diferentes e seguiu na correria do atendimento. Sem esperança, ficamos ainda um bom tempo comendo uma ou outra vegetariana que apareceu, até que o improvável aconteceu: fomos servidos por uma pizza à la carte, na pedra, com pelo menos quatro sabores diferentes de pizzas vegetarianas! Estava borbulhando. Alguns com folhinhas frescas por cima. Uma visão do paraíso.
Como já estávamos "meio-cheios" por ter beliscado por uma hora pelo menos, nos foi oferecido (nem precisar pedir) uma marmitinha para levar os pedaços restantes da à la carte para casa. E não nos foi cobrado nada à mais, apenas o valor do rodízio. :) Achei um luxo.

Estou no Insta! Segue lá: @vivendovivi
3 - As notícias voam

Chegamos à uma pizzaria que adoro (acho que adoro todas) em Carlos Barbosa, cidade vizinha à nossa. O lugar já estava fechando e foi uma gentileza nos receberem naquele horário para rodízio. Entendam que não é comum chegar bravejando sobre a nossa dieta, mas dizer à um garçom ou dois se faz necessário às vezes. 
Ocupamos nosso lugar e, para o primeiro que veio nos servir, já informamos. O que se seguiu foi muito engraçado: praticamente cada garçom que passou por nossa mesa depois perguntou se éramos nós os vegetarianos e não nos faltou comida! Não havia uma grande variedade de sabores, mas não deu tempo de o prato ficar vazio. Diversas vezes fomos questionados se estávamos satisfeitos e se gostaríamos de algum sabor especial, um tratamento mais do que vip! Desculpa, mas essas coisas, ligadas à pizza quentinha e queijo derretendo, fazem uma pessoa se sentir amada.

Foi neste dia que conheci a pizza de nachos (ou Doritos). Já repetimos a receita em casa e é de morrer de bom.
Meus exemplos mostram que as pessoas estão cada vez mais sensíveis às escolhas ligadas ao vegetarianismo (de verdade, senti mais vezes um olhar de admiração do que de raiva ao comentar nossas escolhas) e que respeito e dedicação marcam para sempre o trato entre pessoas. Nestes três casos, foi feito mais do que o necessário para nos sentirmos bem atendidos e jamais esquecerei.


Um bjo a todos e boa terça! <3

6 comentários:

  1. Oi Vivi!
    Sou vegetariana também e realmente tenho notado que o tratamento recebido nos restaurantes tem sido mais gentil quando comunico sobre isso.
    Muitas vezes nem é necessário comentar que eu não como carne, mas quando tenho que dizer, o garçom já se adianta pra oferecer algumas opções, às vezes até coisas que nem fazem parte do cardápio. Uma vez fui com um grupo de pessoas a um restaurante especializado em frutos do mar e TODOS os pratos tinham frutos do mar. Falei pra garçonete que sou vegetariana, ela foi até a cozinha conversar com a chef e voltou perguntando se eu aceitava um risoto de funghi. Amei ter recebido essa atenção!
    Adorei as histórias do seu post, principalmente a do garçom que trouxe o feijão. s2 rs
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anne!

      Amei sua história também! São detalhes que fazem a gente se sentir tão bem, né?
      Como uma leitora comentou em um grupo do Face ontem, nem sempre foi assim com os vegetarianos, mas agora está melhorando, ainda bem!
      E sim, a do garçom que trouxe o feijão foi a primeira e a mais marcante situação!!
      Bjss obrigada pela visita!! <3

      Excluir
  2. Oi Vivi,
    Não sou vegetariana, mas também não faço campanha contra. Cada pessoa toma a decisão do que comer, sem neuras. Até admiro quem adota este estilo de vida.
    Suas histórias são ótimas, é sempre muito bom receber esse tipo de atenção.

    Beijos
    patriciaaprendendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá certo, Patrícia! É como eu, não fico chateando quem come carne, nunca! Isso é algo que parte de cada um, qualquer decisão nesse sentido tem que ser respeitada!
      Bjss!

      Excluir
  3. Oii Linda, acabei de ver seu comentário no meu blog, e vim correndo pra cá saber um pouco mais sobre sua experiência, me alegra muito o fato de ainda ter pessoas assim como nós que pensam no sofrimento dos bichinhos e nos sacrificamos por amor a eles, e feliz também por ter pessoas compreensíveis a nossa escolha, essas pessoas citadas a cima, devem receber nossos mais sinceros Obrigada e parabéns! Continuemos firmes, é um prazer conhecer um pouco sobre você! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lídia!
      Obrigada pela visitinha!
      <3
      Sim, somos cada vez mais, e que bom né?
      Sucesso pro seu blog!
      Bjs

      Excluir