Cuidados com a Psoríase

06:25:00 Vivi Lemes 2 Comments

Olá amores!

Nunca contei aqui no blog, mas sofro de psoríase, uma doença muito comum que faz com que a pele se renove mais rápido do que o normal. Isso gera descamações e vermelhidão, além de uma coceira insuportável - e é por isso que você pode me ver coçando a cabeça em fotos da vida toda.


Apesar de não ter cura, a psoríase pode ser controlada a ponto de não haver nenhuma mancha no corpo. Se você souber os lugares onde o foco é frequente, basta passar as pomadas e loções certinho e tudo vai mais ou menos se ajeitando, a não ser que seu caso seja gravíssimo.

Minha história com essa doença é bem longa porque nasci com ela, então a coisa vai desde um diagnóstico errado até shampoos com cheiro de gasolina + rato morto e remédios milagrosos fortíssimos que me obrigavam a fazer exames de sangue mensalmente.
No momento estou utilizando apenas o Therapsor, da Theraskin. Além de ser uma marca em que confio, sua compra não exige receita e tem a versão loção (para o couro cabeludo) e creme (para o resto da pele). Funciona, mas a bula informa que podem surgir infecções de pele se aplicado em feridas abertas, então é bom ter cuidado e perguntar ao médico se é bom você usar.

É comum as pessoas desconfiarem que tem psoríase por terem uma caspa muito persistente ou manchas vermelhas na pele e o que digo é que pode ser sim! Meu caso é médio, então tá na cara que algo não está normal, mas algumas vezes o doença surge em períodos estressantes da vida e deve receber atenção para que não piore. Não tire conclusões sozinho, busque um especialista, tá bom? Ah, vale dizer que suas chances de ter psoríase aumentam se já há casos na família, apesar de não ser transmissível.

Sobre os cuidados, alguns pontos são importantes:

- Hidratação da pele

Toda a pele de quem tem psoríase costuma ser seca, embora não seja regra. No meu caso, quanto mais os anos passam, mas ressecada é minha pele, então tenho hidratantes para as mãos e labiais sempre junto comigo. Vantagem? Zero espinhas e lavagens de cabelo bem espaçadas sem que isso seja nojento! ;) Mas o que tem me incomodado é o rosto: não posso ficar passando creme na cara o tempo todo e a pele repuxa cada vez mais. Alguém tem uma dica boa de hidratante facial por aí?? Pleaase. O meu de O Boticário (linha Argiloterapia) já não está mais funcionando bem, e olha que ele é muito bom!!

- Hidratação do corpo

Sinto que beber mais água ajuda a diminuir as lesões. É um saco ir no banheiro toda hora, mas vale o esforço. Além disso todo o nosso corpo funciona melhor se bebermos a quantidade certa de água, então, já sabem.

- O estresse

O médico com quem sempre consultei diz que psoríase é quase totalmente emocional. Algumas pessoas se estressam e tem dor de estômago, outras dor de cabeça... eu tenho psoríase. Realmente, no meu ano de TCC a doença se espalhou por todo o corpo e em lugares que nunca tinha saído nada como, por exemplo, no meio do braço, sendo que o mais comum é ocorrem manchas nas articulações ou couro cabeludo. Mas agora que estou ficando zen, nada melhorou ainda. #chateada

E você, já conhecia essa doença? Talvez você chegou aqui porque também tem que ficar explicando para todo mundo que NÃO essa sujeira no seu ombro não é caspa? Me digam que não estou sozinha no mundo!! XDD
Bjos e até mais!


2 comentários:

  1. Adorei saber mais sobre a doença. Meu tio tem e quando ele come comidas apimentadas se agrava ainda mais o problema
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  2. Olá....ai foi muito bom ler um pouco mais sobre essa doença, descobri a pouco tempo que era isso, fui em muuuuitos dematos e cada um me dizia uma coisa de caspa a seborreia....está sendo dificil de lidar com isso, como vc disse tem que explicar para todos que "nao é caspa", e ouvir todo tipo de comentarios de quem nao sabe do problema.

    ResponderExcluir