Você já pensou nos privilégios que tem?

11:26:00 Vivi Lemes 2 Comments

VOCÊ JÁ PENSOU NOS PRIVILÉGIOS QUE TEM? Antes de ser contra cotas nas universidades, auxílios como o Bolsa Família, antes de achar infundada a ideia de legalização do aborto (porque aborto é um problema da mulher pobre, mulher rica paga para fazer isso com mais segurança), pense nas FACILIDADES que VOCÊ teve para chegar onde está hoje.


Foi difícil começar debaixo para ter um emprego melhor agora? Todas aquelas noites indo pro cursinho e estudando o dia inteiro pra tentar, quem sabe, passar numa federal, foi difícil? E as noites em claro pensando em como ia se manter empreendendo nesse país impossível? FOI MUITO DIFÍCIL, garanto que foi.

Mas e fome por ter os armários vazios, já sentiu? Então como pode achar injusto que uma parcela imperceptível de seus privilégios seja redistribuída para que imigrantes recebam auxílio e possam se estabelecer onde tenha COMIDA?
Como pode não concordar que estudantes de baixa renda ganhem bolsa do ProUni se conseguiu pagar a faculdade com o suor do seu trabalho unicamente porque sua família continuou fornecendo casa, comida, roupa e cuidados?
Jamais tirarei o mérito de quem luta por seus objetivos, eu faço isso, você espero que também esteja fazendo isso, mas tudo o que conquistamos teria sido possível em OUTRAS CONDIÇÕES?

'Mimimi' não é reclamar igualdade, é reclamar da divisão de privilégios. Falta bondade, falta empatia. Se colocar no lugar do outro para depois criar juízo e colocar-se no seu lugar.
.
Para quem não entendeu, está desenhado neste link. Sugiro fortemente que deem uma olhada.


Um bjo a todos!! 

2 comentários:

  1. Sou contra cotas RACIAIS nas universidades porque acredito que a nossa cor não nos difere em absolutamente nada. A favor de cotas por renda porque nosso ensino público é fraco.
    Sou contra o aborto por ter sofrido um. É uma dor irreparável, me culpo todos os dias e foi espontâneo... Imagine como as mulheres que optarem por essa decisão de sentiriam? Aborto não é um simples problema social resolvido com legalização, estamos falando de uma vida. Você já leu as estatísticas de quantas mulheres se arrependem? Quantas têm vontade de se matar? A solução é não engravidar. Camisinhas, anticoncepcional. A solução é ser responsável. Ninguém engravida sem querer - a não ser em casos de estupro que o aborto já é legalizado.
    Bolsa família não resolve o problema de quem não tem o que comer. A solução não é dar o peixe e sim ensinar a pescar. As pessoas precisam de emprego! Precisam ter a oportunidade de mostrar suas capacidades, precisam ser e se sentir úteis. O governo usa o bolsa família pura e simplesmente pra ganhar votos.

    www.mechamadebella.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa!! Qrida, jamais se culpe pelo seu aborto! Tem coisas que acontecem que fogem do nosso alcance, isso não foi culpa sua. Eu sou a favor unicamente porque mulheres desesperadas morrem todos os dias em abortos clandestinos, sem fiscalização e sem direitos, mas se for liberado imagino que deva ser feito um trabalho forte de conscientização para que as mulheres não optem por tal prática e tentem ter seus filhos. No final, só elas que sabem, porque mais ninguem vai estar lá para cuidar da criança como estava para julgá-la. Tem mulheres que se sentiriam piores tendo (conheço um caso), por mais que isso soe absurdo para mim também.
      Sobre ganhar votos a partir do bolsa familia, concordo. De verdade, concordo. Ontem mesmo foi liberado mais uma fase do programa Minha Casa, minha vida, bem nesse momento político... as coisas são usadas como trunfos pelos pseudo-governantes que temos.
      Mas novamente, falo pelo que vi. Uma amiga trabalha liberando o pagamento deste benefício que era de 80,00 por criança ano passado. Isso é muito pouco, sem ele os pais certamente continuariam sem trabalhar, ele só possibilita que essas crianças tenham mais chance de ter o que comer em casa. Num país ideal teríamos mais emprego, pessoas mais qualificadas e gente com vontade de trabalhar, sempre. Mas no Brasil isso não vai acontecer nunca, com benefício ou sem...
      Bjss

      Excluir